10 dicas para arrumar a mala para um mini cruzeiro

MSC Preziosa em Búzios, RJ - março de 2014
FÉRIAS MODE ON!

E lá vamos nós, novamente, para um mini cruzeiro pela costa brasileira. O navio será o mesmo: MSC Preziosa, mas o itinerário agora é 'Santos - Balneário Camboriú - Porto Belo - Santos'. Um roteiro de 4 dias e 3 noites. Como essa já será a segunda viagem de navio, posso dizer que tenho uma certa experiência, ainda mais, por ser o mesmo navio. E posso afirmar com todas as letras que o MSC Preziosa é um excelente navio.

Veja abaixo algumas dicas para arrumar a mala para um mini cruzeiro:

1. Separe os principais looks

Se você quer participar mesmo do cruzeiro, deve saber que existem festas temáticas. As mais famosas são a 'Festa do Branco' e a 'Noite de Gala'. É legal ver todo mundo vestido de acordo com o dress code do evento. Então, fique atento para escolher seus looks. Leve roupas brancas leves, é legal misturar com alguma peça floral também. Para a 'Noite de Gala', não é obrigatório o look black-tie. Aliás, é verão, né! Não precisa levar ao pé da letra. Invista em vestidinhos leves, com brilho, pode ter comprimento no joelho ou midi, mas se quiser se jogar num longo, fique à vontade para usar algo mais fluido. Para os meninos, jeans escuro, camisa, sapato e blazer.

2. Leve vários biquínis/sungas

No navio, é piscina o tempo todo. E além disso, tem as paradas nas cidades com praias. Para não ficar usando biquíni ou sunga molhados toda hora, é ideal levar umas três ou quatro trocas para um mini cruzeiro. Aproveite que esse tipo de peça ocupa pouquíssimo espaço na mala.

3. Invista em saídas de praia

Dá para ficar super chique usando saída de praia! Tem uma mais linda que a outra nas lojas. É legal levar algumas para diversificar nos dias de sol no navio. Até mesmo nas paradas, nas praias. Lembre-se que uma viagem desse tipo pede algo bem mais informal. Apesar de toda a pompa que é um cruzeiro, não é um desfile de moda. Fique à vontade para ficar à vontade!!! E outra, existem áreas no navio que não é permitido circular com roupa de banho. Ter uma roupinha leve sempre a tiracolo é uma ótima opção.

4. Roupa e tênis de academia

Se mesmo de férias, você não larga a academia/treino, saiba que no navio também tem academia, tem área para caminhadas/cooper, e todo dia tem alguma atividade aeróbica em frente à piscina. Vale a pena levar uma roupinha de malhar e tênis esportivo.

5. Leve calçados confortáveis

Além do tênis de academia, citado acima, caso você não dispense uma atividade física nas férias, opte sempre por levar calçados confortáveis. O chinelo é indispensável, você vai usá-lo sempre! Escolha os calçados de acordo com seus looks da viagem, mas nada que aperte o pé! No navio, ou a gente está na piscina, ou andando para lá e para cá visitando tudo. Deixe o sapato chic somente para usar na 'Noite de Gala', que também não precisa ser aquele scarpin maravilhoso que machuca o pé por demais! Pense sempre no seu conforto.

6. Monte uma farmacinha básica

É sempre bom levar alguns remedinhos que estamos acostumados a tomar. Se você toma algo controlado, leve, com certeza, na quantidade suficiente para o tempo de sua viagem. Mas aqueles para dor de cabeça, enjoo ou azia, também são importantes. Além disso, leve band-aids e pomadas para contusão.

7. Leve uma mochila ou bolsa de mão no dia do embarque

Suas malas podem demorar um pouco para chegar na porta da cabine. Por isso, é importante deixar nessa mala de mão, que pode ser uma mochila ou bolsa, alguns itens como uma muda de roupa (pode conter o biquíni/sunga) e chinelo. Use essa mochila para o último dia de sua viagem também, pois as malas devem estar na porta da cabine na noite anterior. Então, saiba que pela manhã, você precisa de itens básicos de higiene, uma muda de roupa para desembarcar e um lugar para guardar o pijama.

8. Casaquinho no verão sim!

Posso falar com propriedade que, neste navio, MSC Preziosa, é importante levar uma roupinha de frio: um casaquinho/tricô, calça de moletom leve/jeans. Eu sou bem friorenta e, se não tivesse levado da primeira vez algumas roupinhas desse tipo, ia morrer de frio! Acho que até para quem não é muito friorento, é bom levar, pois o ar condicionado nas dependências internas do navio é forte.

9. Itens que não podem faltar

Não tem segredo aqui. São os itens básicos para uma viagem de férias no verão: celular, câmera, carregador de celular/câmera, cartões de memória, livro, óculos de sol, protetor solar, boné/chapéu, chinelo, bolsa de praia. Ah, documentação pessoal: RG ou carteira de motorista para um cruzeiro pelo Brasil.

10. Não precisa levar

A cabine do navio já vem equipada com secador de cabelo, toalhas de banho, cabides e roupas de cama. Esses itens não são necessários, hein! Só vão ocupar espaço em sua mala. Toalhas de piscina/praia também não precisa. O navio oferece uma toalha por hóspede na área de piscina e você até pode levá-la para fora do navio, nas paradas de praias. A suíte também oferece aqueles itens basiquinhos de higiene (sabonete, shampoo, condicionador, touca de banho, etc). Mas, eu sempre levo os meus, pois acho muito pequenininho e já estou acostumada com os produtos que uso.

Boa viagem!


VEJA MEUS POSTS ANTIGOS SOBRE O MSC PREZIOSA 

Parte 1 / Parte 2 / Parte 3 / Parte 4 / Parte 5


Salve esse post no Pinterest!



Síndrome do feed organizado


Se tem uma rede social que eu gosto muito é o Instagram, isso porque amo fotografia e lá posso publicar as minhas fotos preferidas. Agora, tenho que confessar algo pra vocês: estou com a síndrome do feed organizado.

Eu sei que muitos condenam isso de organizar o feed, e coisa e tal, mas é que sou uma pessoa com um pouquinho de TOC às vezes, e do nada, quero que esteja tudo certinho ou com certa coerência. Uma fórmula básica que tenho usado bastante é utilizar sempre o mesmo filtro nas fotos e tentar não deixar fotos muito parecidas juntas, explico melhor abaixo.


COMO ORGANIZAR O FEED

Tenho usado o app UNUM para planejar o que postar. Ele mostra em um grid como as fotos ficarão dispostas no seu feed. Basta você fazer o login que o app já carrega seu feed do Instagram e a partir daí você pode ir controlando quais fotos acha melhor para compor. O UNUM também dispõe de ferramentas básicas de edição e efeitos, além de uma área que faz algumas análises do desempenho do seu perfil no Instagram. (O UNUM é gratuito para iOS e Android)



APP DE EDIÇÃO - VSCO CAM

Acho que é um dos apps mais famosos para editar fotos. Como disse acima, procuro usar sempre o mesmo filtro nas fotos para terem uma certa coerência e um visual limpo, sem muitas alterações entre uma e outra. A fórmula de edição que tenho usado é: Filtro HB1 / Exposição +1 a +3 / Contraste +1 / Matiz +3. Eu ajusto a exposição entre +1 e +3 porque depende da foto. Mas geralmente é essa edição que tenho feito em todas as fotos. Nada além disso. Procure um padrão para suas fotos utilizando o filtro que mais lhe agrada, ou simplesmente faça alguns ajustes. Quem entrar no seu perfil, vai perceber que você tem um certo cuidado com suas fotos. (O VSCO Cam é gratuito para iOS e Android)



FÓRMULAS BÁSICAS DE ORGANIZAÇÃO

O Pinterest está cheio de ideias de organização de feed em relação ao que postar. A ideia é que você alterne as fotos, para que seu feed não fique monótono, sempre com selfie ou sempre com paisagem. Eu não tenho seguido à risca esse tipo de coisa, fico com a coerência do filtro só. Mas, se você quiser algo mais trabalhado, veja as dicas que separei do Pinterest.

Veja mais dicas como essas no blog Último Biscoito

Se você pretende ter um feed ainda mais organizado, a ideia é criar um perfil mais específico, como de comidas, paisagens, coleções, etc., e aplicar essas dicas também. Tem ainda quem curta montar mosaicos, o que é bem legal para quem visita feeds alheios. É bacana ver a imagem toda montada no feed inteiro, mas tome cuidado com o mosaico que for montar, porque eu não acho nada legal de repente ver uma foto sem sentido nenhum na minha timeline, como um pedaço de cabeça, ou de nariz, etc. Veja abaixo alguns feeds que trabalham com mosaicos:





Para quem ainda não sabe, o meu perfil no Instagram é @feu_fa. Aqui no Feufolândia dá para acompanhar as últimas fotos publicadas na rede, é só ir até o rodapé ou na lateral do blog.

Meu feed atual, com fotinhos lindas da minha cidade, Santos, e Imbassaí (BA).
Todas com o mesmo filtro que falei acima.

Curtiram as dicas? Vocês tem alguma fórmula básica para o perfil do Instagram? Ou fazem suas postagens bem livres? Deixem seus perfis nos comentários para eu conhecer também.

Vinil quadrado? Existe sim! Conheça o trabalho do Sesper

Foto: Aspen Plummer
Já reparou que o mercado de vinil está cada vez maior hoje em dia?

Vamos relembrar um pouquinho umas coisas... Você é da época do vinil? Quando eu era criança via meu pai sempre mexendo em seus bolachões, como era gentilmente chamado o vinil pelos mais velhos. Eu ouvi muita música country, trilha sonora de novela da Globo, samba enredo, Topo Gigio e Beatles (nos compactos, aqueles 7"). Mas eu também tinha os meus discos: Eliana - Os Dedinhos, Xou da Xuxa, Trem da Alegria, Cantigas de Roda, Atchim e Espirro, pelo menos os que eu lembro.

Então teve um tempo que os vinis começaram a desaparecer, dando lugar aos CDs. Era incrível levar um case recheado de CDs e seu disc man para ouvir nas excursões. Mas só era feliz quem tinha um aparelho antischok. Aí, o MP3 veio causando com a galera e a tecnologia se instalou. Tantas épocas e transformações para voltar ao começo. É como um ciclo. O vinil ressurge das cinzas e o mais engraçado é que quem vem procurando mais pelo bolachão são os jovenzitos.

Foto: Kai Oberhäuser
Mas voltando ao título do post: você já viu vinil quadrado? Eu não, até conhecer o projeto do Alexandre Cruz 'Sesper' (ou Farofa), vocalista da banda Garage Fuzz.




O cara produziu o próprio disco. Além de gravar os instrumentos, a capa e o disco são obras de arte, pois faz colagens, sobreposições, misturas de materiais e grafites diferentes. Nenhum disco é igual ao outro. Não é incrível? São compactos, vinis menores de 7", e agora de 10" também. Apesar de quadrado, a trilha ainda é no formato circular. Os discos foram prensados na Europa e limitados a 130 cópias, todas elas numeradas e assinadas. Veja abaixo o vídeo da produção dos discos.


Sesper comentou em algumas entrevistas que é uma técnica que ele já domina há um tempão quando fazia cartazes, flyers para shows de hardcore e punk. Ele também já expôs suas artes em galerias.

Arte: Sesper
Arte: Sesper
Arte: Sesper
Alexandre Cruz 'Sesper' - Foto: Reprodução/Facebook
Quem curte esse universo dos vinis e quiser conhecer o trabalho do Sesper, tem no site Outprint.

Bjs.



Cusco em Maio: Clima e temperatura

Se você está pensando em fazer sua viagem a Cusco em maio, saiba que é um ótimo mês para pegar bom tempo. A seca vai de maio a setembro, a melhor época para apreciar um céu azulzinho pela manhã e noite estrelada. É o inverno deles, sem chuvas. Seus passeios não serão comprometidos.

Cusco em maio: tempo aberto, solzinho e frio
Mas tenha em mente a temperatura! Quando eu e Paulo fomos a Cusco, pegamos manhãs de 0ºC, mas com o nascer do sol, a temperatura ia aumentando rapidinho. As máximas chegavam a 18ºC ou 19ºC, e andando pra lá e pra cá, conhecendo os lugares, as camadas de roupas iam saindo aos poucos. O ventinho de noite é bem gelado, cortante, mas nada que te impeça de curtir o centrinho e fazer suas compras de souvenirs. É uma delícia curtir a cidade nesse clima. Se você não tem medo de frio, se joga.

Cusco em fim de tarde - céu limpíssimo!

O QUE VESTIR? O QUE LEVAR?
Curta Cusco de maio a setembro de forma confortável!

Como são muitos passeios, andanças, subidas e descidas, terrenos diferenciados, leve calças confortáveis, como leggings ou moletom. Se estiver com muito frio, é válido uma meia calça fina por baixo (usei bastante!). Também usei jaqueta de couro sintético durante os passeios noturnos. Use também algumas camadas finas, para poder ir tirando conforme o calor durante as caminhadas do dia. Leve blusinhas de manga comprida e casaquinhos mais leves para sobrepor, e que possam ser amarrados na cintura, para não ficar carregando, ainda mais se no seu passeio ao Peru, estiver incluído Machu Picchu, o clima pelas ruínas é bem mais ameno.

Eu e a Twelve Angle Stone, a Pedra de 12 Ângulos. Diz a lenda que ela sustenta toda a estrutura de um antigo palácio inca.
O calçado também tem que ser confortável. Como disse, os terrenos são bem acidentados nos passeios às ruínas, até mesmo em Cusco, onde as ruelas são de pedras. É bom usar um tênis ou bota que não escorreguem. Não dispense cachecol, touca e luvas! Tenha sempre com você, pois vai precisar de manhãzinha, no fim da tarde e noite.

Além de todos os itens citados anteriormente, leve também óculos de sol, chapéu/boné, se preferir, e protetor solar, principalmente o labial. O clima seco, o vento, o sol, acabam com o lábio! =(


Entre no clima e compre um tricô colorido para usar na sua viagem! Eu não comprei, mas acabei comprando uma touquinha com trancinhas, que é vendida em todo canto em Cusco, usei muito! Fica a dica!

Salve esse post no Pinterest!



Mirabus: passeio noturno no ônibus turístico de Lima

Voltando aos posts da viagem ao Peru, hoje venho falar do passeio noturno que fizemos em Lima. Depois de curtir a tarde no Malecón de Miraflores, escolhemos um dos tours do Mirabus para conhecer um pouco da cidade.
O passeio escolhido foi Lima de Noche y Circuito Mágico del Agua. Esse passeio dura em média 3 horas e passa pelos principais prédios, igrejas e praças do centro de Lima, como o Palácio do Governo, a Basílica, a Prefeitura, Praça das Armas, Praça San Martin, Palácio da Justiça, entre outros. Um convite para conhecer a belíssima arquitetura dos prédios antigos de Lima.






A segunda parte do passeio, o Circuito Mágico del Agua, conta com uma visita ao Parque de la Reserva, um lindo parque com fontes luminosas, interativas e que mostram a história de Lima. Mas são muitas fontes mesmo. O guia do ônibus vai mostrando cada fonte, falando um pouco sobre, deixando um tempo para que possamos fotografar, e depois paramos um tempo em frente a uma maior que conta a história da cidade. É bem bonito o jogo de luzes, imagens e som.








Dentro desse tour, ainda tem uma parada em um dos hotéis chiques de Lima, o Sheraton, para um lanche com direito a suco.

Pegamos o ônibus turístico em frente ao Parque Kennedy, em Miraflores. E lá, mais cedo, pagamos também as entradas, para reservar os lugares. São s./75 (soles) por pessoa, cerca de R$ 73.

O passeio valeu a pena visto o pouquíssimo tempo que tínhamos na cidade, é uma boa sacada para conhecer um pouco de Lima. E de noite, a cidade é belíssima!

Mirabus
www.mirabusperu.com

Facebook

Flickr